Escolha uma Página

A Importância de uma Hidratação correta

A água é essencial para a vida. Alguns dias sem ele e a morte por desidratação vem rapidamente.
Com a chegada dos dias mais quentes devemos redobrar nossos cuidados com a hidratação e
realizá-la de forma correta.

Perdemos água através da respiração, transpiração, urina e fezes.
Claro, o exercício acelera a taxa de perda de água. Como resultado, o exercício intenso –
especialmente no calor – pode levar a cólicas, tonturas e até a morte se a ingestão de líquidos não for
adequada.

Isso faz com que a ingestão de líquidos seja uma prioridade importante tanto para os praticantes
quanto para os que não praticam exercícios. Vamos abordar tudo sobre hidratação, distribuição de água no
corpo, equilíbrio de fluidos e regulação de fluidos.
Todas as nossas células embebem em água. A água compõe quase 60 por cento do peso corporal
total.

Portanto, uma mulher de 45kg realmente carrega cerca de 27kg de água; um homem de 90kg
carrega cerca de 54kg de água.

A quantidade de água que transportamos baseia-se na quantidade de gordura corporal e massa
muscular que temos, bem como no nosso estado de hidratação transitória. Nosso teor de água depende da
composição corporal, pois diferentes células contêm diferentes quantidades de água. Por exemplo, o osso
contém 22% de água, os tecidos adiposos contêm cerca de 25% de água, as células musculares contêm 75%
de água e o sangue contém quase 83% de água.

A água em nossos corpos pode ser dividida em fluido intracelular (ICF) e fluido extracelular
(ECF).

Toda essa água no corpo tem muitos trabalhos importantes. Atua como um solvente, um
transportador, um catalisador, um lubrificante e como um regulador de temperatura. Ele também auxilia nos
processos anabolizantes. Vamos dar uma breve olhada nestes.

Como solvente, a água dissolve proteínas (incluindo enzimas, DNA, etc.) e as transfere por todo o
corpo. A água também transporta nutrientes para células e transporta produtos de resíduos longe das células.
Como a água pode dissolver nutrientes orgânicos e inorgânicos e transportá-los para nossas células
ou longe de nossas células, a água é importante na síntese de proteínas, glicogênio e outras macromoléculas.
À medida que os produtos químicos dissolvidos gastam grande parte do tempo envolvidos pela
água, a água serve como meio para uma grande quantidade de reações metabólicas intracelulares. Na
verdade, na presença de água, as reações químicas podem prosseguir quando, de outra forma, poderiam ser
impossíveis. Assim, a água atua como um catalisador que acelera as interações enzimáticas com outros
produtos químicos.

A água lubrifica as articulações e até atua como amortecedor para os olhos e a medula espinhal.
O líquido amniótico, que envolve o feto em crescimento e é composto principalmente de água,
protege o feto das forças mecânicas transferidas através do corpo da mãe.
O teor de água corporal e a troca de fluido regulam a temperatura corporal. Quando a temperatura
corporal aumenta, começamos a suar. À medida que esse suor se associa na pele, sua evaporação esfria o
corpo, diminuindo a temperatura corporal.

Balanço de Fluidos

A idéia de equilíbrio de fluidos é semelhante ao equilíbrio de energia, na medida em que a relação
entre o fluido (através de alimentos e bebidas) e fluidos (através da excreção) determina o equilíbrio líquido.

Evitar desejos de fluidos é importante para a saúde geral.

Nós excretamos / perdemos água através de urina, fezes, suor e ar expirado. Nós ingerimos água
dos alimentos que comemos e das bebidas que bebemos.

Em média, recebemos cerca de 1 L (4 copos) de água dos alimentos que comemos. Claro, essa
quantidade depende da nossa seleção de alimentos. Por exemplo, frutas e vegetais em sua forma bruta têm a
maior porcentagem de água. Os carboidratos “molhados”, como grãos inteiros cozidos e legumes, também
têm alguns. Alimentos mais elevados em gordura, por outro lado, tipicamente têm um teor de água muito
baixo (por exemplo, nozes, sementes, óleos, manteiga e banha de porco).

Além da nossa ingestão de alimentos, uma grande porcentagem de nossa ingestão diária de
líquidos provém das bebidas que bebemos.

Vários fatores podem afetar o quanto bebemos, incluindo clima, demandas de atividade física,
quanto transpiramos, tamanho geral do corpo, etc. Por exemplo, ficamos mais sedentos quando está mais
quente e / ou quando estamos suando muito. Este mecanismo está obviamente em vigor para ajudar a
prevenir a desidratação.

No entanto, a sede às vezes é um indicador pobre do estado de hidratação para aqueles envolvidos com
exercício intenso e treinamento. Na verdade, a sede geralmente não é percebida até 1-2% do peso corporal
ser perdido. Nesse ponto, se você estiver exercitando, as reduções de desempenho já ocorreram. Mesmo que
você não esteja se exercitando, o foco mental e a clareza podem cair.

De acordo com a maioria da literatura, uma recomendação geral segura para a ingestão diária de
líquidos é de cerca de 3 L de líquido (ou 12 copos) por dia. Uma vez que 1 L (4 copos) vem da nossa
comida, isso significa que 2 L (8 copos) vem da ingestão de líquidos proposital (em outras palavras, beber).

Fonte: ISSA – Fitness

A Endurance4life é uma empresa que atua de diversas formas, impactando vidas e levando qualidade de vida a seus alunos.

End.: Rua General Liberato Bittencourt, 1885
Sala 504 - Estreito - Florianópolis / SC, Brasil

Telefone
+55 (48) 9.9912.8593 (BRA)
+1 (954) 371-9406 (EUA)

Conheça

Home
Quem somos
Nossos serviços
Blog
Contato

Siga-nos

Endurance4life, disponibilizamos treinamento presencial, online individual e em grupo para diversas modalidades

Inscreva-se

WhatsApp WhatsApp